DBCA 2 Anos: Feliz Aniversário!

Queridas amigas e queridos amigos realizadores, parceiros e colaboradores, quando há dois anos criamos a DBCA, inédita entidade nacional focada na arrecadação e distribuição de direitos autorais no âmbito do audiovisual, ninguém ousaria fazer um tão alvissareiro prognóstico de como estaríamos hoje, congregando 234 das mais importantes diretoras e diretores de todo o país, com quase mil obras registradas.

Ao tempo em que solidificamos nossa existência institucional, jurídica e moral, tanto para sermos de imediato acolhidos como membro provisório da poderosa CISAC (Confédération Internacionale des Sociètes d´Auteurs et Compositeurs), quanto pela honra de o Brasil ter sediado, com sucesso à toda prova, o Congresso Mundial de Criadores do Audiovisual da W&DW (Writers & Directores Worldwide), com o patrocínio da própria CISAC, da DAC (Directores Argentinos Cinematográficos) e da ADAL (Alianza de Directores Audiovisuales Latinoamericanos), e com o apoio da OAB/RJ (Ordem dos Advogados do Brasil, Rio de Janeiro).

No front nacional, a DBCA está protagonizando feito único da moderna história do cinema brasileiro: o pagamento de direitos autorais a dezenas de diretores de cinema, telenovelas, documentários e filmes de animação que, nos últimos cinco anos, tiveram suas obras exibidas na Argentina. Recursos da ordem U$350 mil coletados pela citada DAC em território argentino e que, por força de convênio de reciprocidade, foram repatriados numa operação que coloca a DBCA como entidade de referência para fazer valer os justos e corretos direitos autorais de nossos realizadores cujas obras tenham comunicação e reutilização públicas no Brasil e no exterior.

Na mesma batida, a DBCA logrou apresentar a sua pertinente habilitação junto ao Ministério da Cultura, a fim de capacitar-se para, igualmente, arrecadar e distribuir direitos autorais de obras audiovisuais veiculadas entre nós em cinemas, televisão e telas afins, não digitais e digitais, atualizando defasagem histórica da nossa Lei de Direito Autoral em relação à mesma premência que rege entidades coirmãs da América Latina/Caribe, Canadá, Europa/Leste, África, Oriente Médio e Ásia/Pacífico, onde, conforme cláusula vigente em praticamente todas as Constituições e inscrita na Declaração Universal dos Direitos do Homem, direito autoral é intransferível e irrenunciável.

Nesta data comemorativa, em nome do Conselho Diretivo da DBCA, há que enfatizar agradecendo o crédito concedido pelo seu corpo de filiados, formalizado em duas Assembleias Gerais (a segunda, 22 de março próximo passado), quando – apresentados os planos anuais de atividades e ações, de cargos e salários, balanços/balancetes auditados e previsão orçamentária para o exercício fiscal em curso, referentes ao biênio 2016/17 – o conjunto, submetido ao escrutínio de todos, foi aprovado por aclamação, constituindo-se numa robusta prova de credibilidade, respeito e confiança.

Assim, diante dessas conquistas, que embutem uma gigantesca responsabilidade dos dirigentes da DBCA e de todos que nos delegaram seu mandato, encaramos o futuro com o melhor e mais sólido otimismo. Ou seja, dada sua premência moral, tornar irreversível nosso pleito explicitado através da "Lei Nelson Pereira dos Santos" (direito autoral é o salário do criador!), com a qual tão somente reivindicamos isonomia com os músicos, autores teatrais, intérpretes e dubladores, historicamente, pagos pela sua criação quando levada ao público.

Finalizando, almejamos que os esforços até agora despendidos pelos filiados em comunhão com o Conselho Diretivo surtam os efeitos legais que, de uma vez por todas, redimam todos nós, roteiristas e diretores, órfãos que somos pela supressão de nossos lídimos direitos autorais. — Sylvio Back

 

Conselho Diretivo DBCA – Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual.

Sylvio Back, presidente;

Antonio Carlos da Fontoura, vice-presidente;

Ricardo Pinto e Silva. secretário geral;

Guilherme de Almeida Prado, tesoureiro;

Nelson Hoineff, vogal secretário geral;

Oswaldo Caldeira, vogal tesoureiro;

Tetê Moraes, Helena Solberg e Toni Venturi (Conselho fiscal).

 

 

Com o firme apoio de

LATINOAMÉRICA

Aliança de Diretores Audiovisuais Latinoamericanos

Sociedades que avalizam com acordos recíprocos os Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual

CHILE

Sociedade de Autores Nacionais de Teatro, Cinema e Audiovisuais

ARGENTINA

Associação Geral de Diretores Autores Cinematográficos e Audiovisuais

COLÔMBIA

Diretores Audiovisuais Sociedade Colombiana

MÉXICO

Sociedade Mexicana de Diretores-Realizadores de Obras Audiovisuais,

IMPORTANTE APOIO DAS SOCIEDADES LATINO-AMERICANAS E EUROPEIAS

DAMA (logo) Derechos de Autor de Medios Audiovisuales Ver carta de apoio

SACD (logo) Société des Auteurs et Compositeurs Dramatiques Ver carta de apoio

Directors UK (logo) Directors UK
Ver carta de apoio

ADAL (logo) Alianza de Directores Audiovisuales Latinoamericanos Ver carta de apoio

DAC (logo) Directores Argentinos Cinematográficos Ver carta de apoio

Writers and Directors (logo) Writers & Directors Worldwide
Ver carta de apoio

ATN (logo) Sociedad de Autores Nacionales de Teatro, Cine y Audiovisuales Ver carta de apoio

Directores México (logo) Directores México
Ver carta de apoio

SGAE (logo) Sociedad General de Autores y Editores
Ver carta de apoio

SIAE (logo) Società Italiana degli Autori ed Editori
Ver carta de apoio


Rua Alcindo Guanabara, 15, sala 1201 - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20031-130, Brasil. Ver mapa

© 2015 DBCA / Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual /   Tel.: +55 (21) 97995 0087 / 0800 882 1884 (Chamadas Gratuitas)
  contato@diretoresbrasil.org

W3C / javascript / 1280x720 / Problemas com o site? webmaster@diretoresbrasil.org