Congresso Anual W&DW Veneza 2017 – Release Adal

Nos dias 15 e 16 de novembro, na cidade de Veneza, ocorreu o Congresso Anual da W&DW reunindo, sem dúvida, uma cúpula de criadores sem precedentes. Lá, ocorreu a eleição do novo Presidente da W&DW – o Secretário Geral da DAC, Horacio Maldonado, assim como um novo Comitê Executivo.

Como todos os anos, o Congresso da W&DW reuniu autores dramáticos, literários e audiovisuais que representam suas sociedades nucleadas na CISAC – Confederação Internacional de Sociedades de Autores e Compositores – unidos pela mesma causa comum: a defesa dos direitos de autor ao redor do mundo. Neste Congresso anual foram realizadas eleições para presidente, vice-presidente e comitê executivo. O novo presidente do conselho de criadores da W&DW é o secretário geral da DAC – Directores Argentinos Cinematográficos – roteirista e diretor de cinema, Horacio Maldonado, que também é Coordenador Geral da ADAL – Alianza de Directores Audiovisuales Latinoamericanos – e que atuou anteriormente como vice-presidente do conselho da W&DW e membro consolidado do seu Comitê Executivo.

“Tenho a honra de aceitar esta posição e é um prazer ter um comitê executivo tão forte que possa apoiar nosso trabalho nos próximos anos”, disse Horacio Maldonado, presidente da Writers & Directors Worldwide.

“Nosso objetivo é continuar construindo sociedades na África e na Ásia, enquanto mantemos, na Europa e na América Latina, a pressão sobre os legisladores, para proteger os direitos dos autores audiovisuais.”

O roteirista e autor francês, Yves Nilly, foi eleito vice-presidente, após a conclusão de seus dois mandatos como líder da organização.

Durante o Congresso de Veneza, também foi eleito o comitê executivo composto pelas seguintes nove pessoas:

– Jacek Bromski (Polônia) – Diretor, roteirista, produtor e presidente da SFP

-Yves Nilly (França) – Autor, roteirista, vice-presidente da Writers & Directors Worldwide

-Andrea Purgatori (Itália) – Autor e roteirista

-Tim Pye (Austrália) – Roteirista

-Curro Royo (Espanha) – Roteirista

-Małgorzata Semil-Jakubowicz (Polônia) – Crítica de teatro, tradutora

-Danilo Šerbedžija (Croácia) – Diretor, roteirista

-Miguel Ángel Diani (Argentina) – Autor

-Delyth Thomas (Reino Unido) – Diretor

Foram dois dias com a abundante participação de criadores de 5 continentes, conjuntamente com seus consultores jurídicos especializados em direitos autorais. Juntos, eles abordaram extensivamente questões de território, repertório e diversas outras com as quais os criadores devem lidar no dia a dia. Foi mais importante contar, pela segunda vez, com as sociedades da África do Sul (FEPACI – Pan African Federation of Filmakers), representada por seu secretário geral Cheick Oumar Sissoko e da Índia (SRAI – Screenwriters Rights Association of India) representada por seu secretário geral, Vinod Ranganathan.

Dentre os itens da agenda, encontramos painéis que analisaram o efeito causado aos autores da atual falta de equilíbrio na política internacional de remuneração e um debate sobre como a abordagem fronteiriça dos grandes distribuidores digitais está afetando a produção local de filmes e mudando a maneira em que as sociedades nacionais de autores respondem a questões sobre os direitos de autor.

Houve também uma animada revisão da mudança do papel dos diretores de cinema, TV, gêneros dramático e documental, que contou com a presença do vice-presidente da CISAC e diretor, Marcelo Piñeyro.

O Congresso recebeu atualizações sobre dois projetos de restauração cinematográfica: um, na Argentina, projetado para revitalizar o apelo do cinema clássico e apresentado por Horacio Maldonado; e o outro, um projeto de restauração africano da UNESCO/Martin Scorsese, apresentado por Cheick Oumar Sissoko, secretário geral da FEPACI. A apresentação final coube ao renomado escritor e ator Harry Shearer, elaborando um resumo da campanha “Fairness Rocks”, pertencente à icônica película de 1984 “This is Spinal Tap”, pela qual os autores nunca receberam a justa remuneração equitativa por sua participação no sucesso do filme.

 

Com o firme apoio de

LATINOAMÉRICA

Aliança de Diretores Audiovisuais Latinoamericanos

Sociedades que avalizam com acordos recíprocos os Diretores Brasileiros de Cinema e do Audiovisual

CHILE

Sociedade de Autores Nacionais de Teatro, Cinema e Audiovisuais

ARGENTINA

Associação Geral de Diretores Autores Cinematográficos e Audiovisuais

COLÔMBIA

Diretores Audiovisuais Sociedade Colombiana

MÉXICO

Sociedade Mexicana de Diretores-Realizadores de Obras Audiovisuais,

IMPORTANTE APOIO DAS SOCIEDADES LATINO-AMERICANAS E EUROPEIAS

DAMA (logo) Derechos de Autor de Medios Audiovisuales Ver carta de apoio

SACD (logo) Société des Auteurs et Compositeurs Dramatiques Ver carta de apoio

Directors UK (logo) Directors UK
Ver carta de apoio

ADAL (logo) Alianza de Directores Audiovisuales Latinoamericanos Ver carta de apoio

DAC (logo) Directores Argentinos Cinematográficos Ver carta de apoio

Writers and Directors (logo) Writers & Directors Worldwide
Ver carta de apoio

ATN (logo) Sociedad de Autores Nacionales de Teatro, Cine y Audiovisuales Ver carta de apoio

Directores México (logo) Directores México
Ver carta de apoio

SGAE (logo) Sociedad General de Autores y Editores
Ver carta de apoio

SIAE (logo) Società Italiana degli Autori ed Editori
Ver carta de apoio